21 de abr de 2008

TIPOS DE REVESTIMENTOS

Praticidade, beleza, qualidade e funcionalidade são alguns dos atributos que devem ser levados em consideração na hora da construção ou reforma do imóvel, quando o assunto é a escolha dos pisos dos diversos ambientes. O mercado dispõe de grande variedade de material para atender a todos os gostos e bolsos. Porcelanatos, mozaicos, cimentícios, pastilhas de metal, placas dos mais diversos materiais, madeira, laminados, granitos, corian, silestone, vidros, piso em linóleo, carpetes, borrachas e vinílicos.
- O vinílico é de fácil limpeza, térmico e anti-alérgico. É recomendado para hospitais, laboratórios, centros cirúrgicos.
- O granito e o mármore são considerados revestimentos nobres. O granito possui como principal característica a sua alta resistência à abrasão e ao grande volume de tráfego. Muito utilizado em áreas sociais, cozinhas,escadas, fachadas e locais públicos e deve ser assentado com argamassa de cimento e areia permitindo uma junta “seca”. Deve ser usado apenas pano úmido para limpeza. Os mámores são mais utilizados em salas de jantar e banheiros. Por serem nobres eles podem atingir valores mais expressivos, principalmente o mármore carrara e o travertino.
- Os carpetes aparecem em placas e podem ser removidos e lavados. A novidade são os fabricados com fios sintéticos que recebem tratamento contra micróbios, fungos e bactérias, além de serem anti-alérgicos e protegidos contra fogo. Ideal para escritórios,cinemas e home-theater.
- O revestimento melamínico possui superfície lisa e não porosa, que não permite a proliferação de fungos e bactérias, além de ser imune a cupins-sendo antialérgico. Pode ser aplicado diretamente sobre o piso ou em pisos elevados, sendo assim uma solução prática, econômica e eficiente no caso de uma reforma.
- O linóleo é um revestimento de piso para alto tráfego, com alta durabilidade e grande facilidade de manutenção e limpeza, aliado às propriedades antiestática e bacteriostática. É especialmente indicado para hospitais, clinicas, escolas infantis, creches e berçários. A sua durabilidade assegura que as superfícies e cores se mantenham fortes e firmes, enquanto a flexibilidade possibilita a liberdade de criação dos ambientes.
- Laminados Este produto, que possui alta resistência ao desgaste, é mais conhecido como fórmica. Ele não mancha, não descolore e apresenta várias opções de textura e acabamento.Normalmente usado em móveis, mas podem forrar paredes e piso, só que o contra-piso recebe uma cobertura com manta de polietileno para evitar a umidade.
- pisos de borracha Isolantes elétricos, térmicos, acústicos, antiderrapantes e antibactericida.Os pisos de borracha não propagam chamas, são resistentes ao impacto, resistência ao fogo, são higiênicos e ideais para lugares de alto trânsito. Mais indicada para hospitais (salas de cirurgia, terapia intensiva e parto), clínicas, colégios, academias e creches.
- A madeira é muito utilizada em cômodos sociais e dormitórios. O piso de madeira é considerado um material nobre de revestimento.Assoalhos, tacos, são os mais usados hoje em dia. Apesar de cada um deles utilizar muitas vezes o mesmo tipo de madeira, cada um possui características diferentes, principalmente quanto à instalação. Mas é importante saber averiguar se a madeira comprada passou por um processo de secagem.É importante lembrar que o piso de madeira necessita de um contra-piso bem nivelado e para a sua fixação devem ser usados materiais como buchas e parafusos de boa qualidade. Além disso, é necessário que o contra-piso seja impermeabilizado para evitar que a umidade passe para a madeira.
- Laminado de madeira (piso flutuante).Atualmente, dois tipos de revestimentos para piso têm conquistado a preferência de arquitetos e decoradores. São eles o piso de madeira laminado e o porcelanato. O piso de madeira laminado é ideal para salas e dormitórios esse tipo de revestimento garante fácil manutenção e oferece boa relação custo-benefício. Ele é encontrado em várias padronagens - claro, escuro, padrão.
Outra vantagem do piso de madeira laminado é a praticidade de instalação. Ele pode ser colocado direto no contra-piso ou, no caso de reforma, instalado por cima da cerâmica. A rapidez de instalação é destaque,do material pois é possível instalar até 60 metros quadrados em apenas um dia.
- Pedras são mais utilizadas em área de lazer e jardins.

- O porcelanato, tipo de cerâmica fabricada com tecnologia avançada, tem conquistado a preferência dos profissionais de decoração. O porcelanato é como se fosse uma pedra artificial, com nível praticamente zero de absorção de água, portanto não mancha e nem cria mofo como as pedras naturais, que precisam de ser resinadas. Essas qualidades facilitam a manutenção do piso e garantem alta durabilidade. O mercado oferece vários tipos do material, como o polido, o acetinado (semi-brilho), natural, rústico e anti-derrapante. Algumas peças são bem grandes, e o consumidor tem à sua disposição grande variedade de modelos, texturas e cores.
- Revestimentos cerâmicos:Os pisos cerâmicos nunca caem de moda, são mais baratos e muito procurados pelo consumidor.

Um comentário:

Giovana disse...

bem esclarecido, obrigada