12 de mar de 2008

DESIGN DE INTERIOR

Quando o interior da nossa casa está em questão é necessária muita reflexão. Devemos buscar a orientação de um profissional especializado, pois o decorador é capaz de otimizar o espaço, com soluções eficientes e limpas que jamais imaginaríamos.
Integrar objetos pessoais que estiveram presente na história de vida do cliente, visando o aconchego de seus lares. Esta é a orientação que nós decoradores devemos seguir na hora de repaginar a sua casa, mesclando experiência profissional e sensibilidade.
Quando escolher seu decorador, perceba se ele prioriza sua história de vida, suas necessidades, possibilidades e seus desejos. Só assim ele será capaz de harmonizar o ambiente com conforto, praticidade e criatividade.
A empatia entre cliente e decorador é muito importante para o bom andamento do projeto. Depois, o decorador deve demonstrar profissionalismo, na hora de pesquisar os materiais, respeitando prazos e valores pré-estabelecidos. O cliente deve deixar claro, dentro do possível, qual é seu orçamento.

Um comentário:

Vivian disse...

Aninha, vc tem toda razao. To sentindo isso na pele. Contratei em 2 anos 3 arquitetos, e 4 decoradores, e sabe que me senti muito desprotegida com eles. Nenhum vestiu a "camisa". Agora, até que enfim, to me identificando muito com a ultima decoradora que contratei pra fazer meu escritorio e a minha cozinha, tanto que ja pedi a ela umas ideias pra reforma do meu quarto.
Obrigada pelas suas dicas, sao preciosas!!!
bjossssssssss